instituto de pesquisa e estudos do
feminino e das existências múltiplas

contato@ipefem.org.br

+55 (11) 91550-1122

instituto de pesquisa e estudos do
feminino e das existências múltiplas

contato@ipefem.org.br

+55 (11) 96403-0065

O trabalho pode ser melhor, moça

imagem_2022-06-13_172901536

Esse texto é dedicado às mulheres que, um dia, já olharam em volta e se sentiram muito plenas e realizadas – mas se deram conta de que, ainda assim, faltava algo.

Esse texto é dedicado às mulheres que têm o trabalho como um grande pilar da vida e como um lugar de grande significado do seu ser (e isso não é nenhum problema).

É com você que eu falo.

É pra você que o meu coração fala.

Pela primeira vez, sinto dificuldade em ocupar um lugar racional para colocar em palavras o convite que eu gostaria de fazer a muitas mulheres, conhecidas e desconhecidas, que passaram pela minha história.

Talvez seja porque nenhum verbo possa dar conta de expressar o que quero entregar ao mundo com essa jornada.

Talvez porque, finalmente, o masculino que me habita tenha entendido ter chegado o seu limite.

O limite do incomunicável.

A partir daqui, o caminho é feito muito mais de silêncio do que de linguagem.

Talvez porque, finalmente, a linguagem que me significa tenha entendido ter chegado o seu limite.

O limite do intransferível.

É aqui o começo. 

***************

O Espaço Crisálida nasce da certeza que eu e Anita temos de que podemos mudar o mundo e de que vamos fazê-lo, não importa quanto tempo leve.

Qual é a medida do tempo, se somos infinitas?

Quais são os limites do mundo, se somos natureza?

Quando a gente entra em um escritório, ou mesmo quando criamos o nosso próprio negócio, acabamos por acreditar que tudo se separa e de que temos que viver uma persona diferente.

Por um tempo dá muito certo e somos amadas por cabermos nesse contexto rápido, objetivo, realizador, contundente, eficiente.

E somos até felizes.

Até que passamos por uma porta e damos de cara com algo tão maior e tão mais profundo que todo o resto fica pequeno – ou será que volta ao seu devido tamanho original?

Ou até que sofremos algo tão dolorido que nenhuma roupa mais nos serve – ou será que sempre gostamos de outras estampas?

Quando despertamos, é muito comum irmos ao outro extremo: passamos a negar tudo aquilo o que fomos e vivemos, buscando romper com o que nos sufoca.

Justamente por acreditar na integração das forças é que nos propomos a empreender uma jornada de reconexão do masculino que vive em nós com o feminino que nos é essência.

Faz sentido pra você?

Nós não prometemos respostas.

Aliás, não prometemos nada.

Só garantimos acolhimento, perguntas e muita, muita disponibilidade emocional pra te ajudar a ir por onde você quiser.

Ainda que seja num escritório.

É possível ser mais e ser você.

Mas quem você é quando somem todas as expectativas sociais?

Vem caminhar com a gente.

Toda mulher é um lugar seguro. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigos relacionados

A armadilha do parâmetro X a fantasia

Tenho certeza de que você já se desentendeu com alguém ou ficou chateada com alguém sem entender muito bem o porquê. Isso acontece direto no ambiente de trabalho e tem consequências perigosas pra sua..

Cinco decisões para o trabalho remoto perfeito

Como começar a oferecer segurança psicológica pro seu time Duas plataformas de reunião virtual, uma plataforma de gestão de projetos, outraplataforma de comunicação, mais uma plataforma de interação virtual tipo metaverso, umapp de trocar..

A fuga do que não pode ser remoto

Como ficarão os postos de trabalho que exigem presença física síncrona no“novo normal”? A motorista de ônibus, o professor, a atendente do supermercado, o caminhoneiro, ogarçom, as equipes de enfermagem, da construção civil e..